congelar o tempo paralelo

congelar o tempo paralelo

Quem tem a capacidade de congelar o tempo? Mas só uma parte, não todo, só a realidade paralela ao crochet, aquela que abarca filho mais velho, filho mais novo, refeições, limpezas, arrumações, emprego e até passeios para os meninos apanharem sol. E a ginástica, a natação… Tudo paradinho, congelado como numa cena cinematográfica e eu a avançar, com tempo livre de responsabilidades que não as de acabar os mil e um trabalhos de crochet, as mil e umas fotografias que martelam a minha cabeça e me  avisam que o tempo anda para a frente e com a rapidez louca que faz com que o natal tenha sido ontem e o verão no dia seguinte. Pôr em prática as mil e uma ideias de uma cabeça que tem mais imaginação que acção e ler os livros…. os livros que quero ler mas que exigem que o tempo congele. Quem tiver essa capacidade que congele, congele tudo por uns dias e fico eu em movimento, está bem? Eu e o meu moço maior, que cá em casa não há um sem o outro e para tudo preciso dele.

 

Deixe uma resposta